Tu és... Time de tradição... Raça, amor e paixão... Oh meu Mengo!!! Eu... Sempre te amarei... Onde estiver estarei... Oh meu Mengo!!!

terça-feira, 28 de março de 2017

Após reuniões, Flamengo conta com apoio do prefeito por estádio acústico na Gávea


O sonho de voltar a mandar jogos no Estádio José Bastos Padilha, popularmente conhecido como Gávea, sempre esbarrou na prefeitura, pressionada pela Associação de Moradores do Leblon. O panorama mudou. Após reuniões com Marcelo Crivella entre as duas últimas semanas e esta segunda-feira, o Flamengo contou com a receptividade do prefeito do Rio de Janeiro. Subsecretária de esportes da prefeitura e ex-presidente do Flamengo, Patrícia Amorim tem forte influência no processo. 

Principal barreira contra a reutilização da Gávea para jogos do time profissional é a resistência dos moradores vizinhos ao estádio, onde o clube mandou jogos de 1938 a 1997. A última partida disputada lá foi entre Flamengo e Americano, em 27 de abril de 97, quando o Rubro-Negro venceu por 3 a 0, com gols de Romário, Fábio Baiano e Evandro. As principais queixas são em relação ao barulho e sobretudo impactos no trânsito da região.

Treino Flamengo - Gavea (Foto: Gustavo Rotstein) 
O Flamengo ainda não fez nenhum treino na Gávea em 2017 (Foto: Gustavo Rotstein)


Para evitar transtornos, o novo estádio teria que ser acústico - não fechado em sua totalidade, mas com barreiras de som capazes de impedirem que a vibração da torcida incomode a vizinhança. Outro aspecto é não construir um estacionamento, estimulando que as pessoas cheguem à Gávea utilizando transporte público. Isso se tornou mais fácil após a inauguração das estações de metrô Jardim de Alah e Antero de Quintal.

O veto a estacionamentos já existe no Estádio Luso-Brasileiro, que receberá partidas do Flamengo, muito provavelmente, a partir de maio. Para atuar na Ilha do Governador, o clube firmou contrato de três anos com a Portuguesa da Ilha e investiu cerca de R$ 12 milhões no local.

O Flamengo também trabalha em outras frentes por terrenos que possam possibilitar a construção de um estádio maior. Um situado na região das barcas em Niterói vem sendo alvo de estudos frequentes. Outros, na Zona Oeste, entre Barra e Guaratiba, também não estão descartados. O atual impasse em relação ao futuro do Maracanã acelera essa busca.

Durante as eleições municipais de 2016, o presidente Eduardo Bandeira de Mello conversou com candidatos, inclusive Crivella, e manifestou a eles o desejo de fazer um estádio-boutique na Gávea. Bandeira estimava capacidade para 20 mil pessoas. Ainda nesta semana, o Rubro-Negro tem reunião interna para discutir projetos para a casa que não utiliza desde 1997.

É bom destacar que a situação ainda está em estágio embrionário. Não foi nem discutido o projeto oficialmente nem que empresa faria a remodelação da arena. Com a Ilha à disposição, o Flamengo tem tempo para iniciar a reconstrução de sua casa.

Conca ''passa'' em avaliações e inicia preparação física no Flamengo nesta semana


O processo de recuperação de Darío Conca segue progredindo dia após dia. No Flamengo desde o começo de janeiro, quando foi apresentado, o argentino inicia nos próximos dias seu trabalho de preparação física. É mais uma etapa a ser cumprida no tratamento. Avaliações e exames feitos até aqui mostram boa evolução no problema no joelho do meia. Agora, será observado como ele responderá. 

Conca se recupera de uma cirurgia delicada no joelho esquerdo. A lesão foi sofrida em meados de agosto, quando atuava pelo Shangai SIPG. No processo de contratação do meia, o Rubro-Negro abriu as portas para que o jogador utilizasse a estrutura do CT do Ninho do Urubu e o aparato médico. A expectativa inicial era de que ele poderia estrear com a camisa do clube em maio. O último boletim médico divulgado pelo Flamengo foi em fevereiro.

Conca trabalha diariamente nos campos do CT do Flamengo (Foto: Gilvan de Souza) 
Conca trabalha diariamente nos campos do CT do Flamengo (Foto: Gilvan de Souza)

Desde o mês passado, Conca vem sendo visto com frequência em seu trabalho separado no Ninho do Urubu. O meia também dividiu em alguns momentos as atividades com Ederson, que também tratava de lesão, mas já voltou a trabalhar recentemente com o restante do grupo. 

Nesta segunda-feira, o Flamengo publicou um vídeo em suas redes sociais em que Conca aparece trabalhando com bola no gramado. Ele trocou passes e jogou ''golzinho'' com outros atletas.

A comissão técnica ainda não conta com o argentino na programação - a ideia é ter paciência na espera pelo jogador, considerado trunfo para a Libertadores. Dedicado, Conca trabalha em dois períodos e chega a fazer seis horas por dia de trabalho no CT. 

Conca (Foto: Divulgação/Flamengo) 
Conca chegou no Flamengo no começo da temporada e segue tratamento (Foto: Divulgação/Flamengo)

segunda-feira, 27 de março de 2017

Quarta-feira tem Mengão na Globo

QUARTA, 29

Campeonato Carioca
 

21h45 Volta Redonda x Flamengo        

   

Transmissão: TV Globo para RJ, MG, ES, TO, SE, PB, RN, MA, PI, PA, AM, RO, AC, RR, AP e DF (com Luis Roberto, Junior e Paulo Cesar Oliveira) e Premiere (com Eduardo Moreno e Ricardo Gonzalez)

Ingressos para o Fla-Flu começam a ser vendidos nesta terça, pela internet


Fluminense e Flamengo se enfrentam no próximo domingo, às 16h, no Kleber Andrade, em Cariacica, no Espírito Santo, pela sexta e última rodada da Taça Rio 2017. E, os ingressos para a partida começam a ser vendidos na tarde desta terça-feira, apenas pela internet, no site www.meubilhete.com.

Na quarta, a partir das 12h, os bilhetes também poderão ser adquiridos nos pontos físicos, que ainda serão divulgados, assim como os respectivos preços. No domingo, dia do jogo, as bilheterias do estádio abrirão a partir das 9h.

Leitores do jornal Notícia Agora poderão participar da promoção limitada, que dá direito à meia-entrada, com o selo que será publicado a partir de quarta-feira.

CUIDAR: o trunfo do Flamengo para prosseguir como excelência nos Esportes Olímpicos



A sigla, por si só, já é autoexplicativa. Mas ao olhar o nome inteiro, é possível entender porque o Flamengo investiu no Centro Unificado de Identificação e Desenvolvimento de Atletas de Rendimento. Inaugurado em dezembro de 2015, o projeto completou um ano recentemente e tem sido um sucesso na Gávea. 


Para entender melhor do que se trata, o GRN conversou exclusivamente com Izabel Miranda, responsável por administrar todo o processo de trabalho. A profissional detalhou como funciona.

- O CUIDAR é o centro que foi criado para prevenir as lesões e, principalmente, o excesso de treinamentos, além de melhorar o desempenho. A gente só consegue fazer isso com a presença do fisioterapeuta, médico, nutricionista, preparador físico e psicólogo. Também temos um consultório científico que faz a mediação dessas informações para dar suporte às decisões internas. É um projeto a longo prazo e atende as equipes de ponta, digo, as principais. Queremos formar atletas para chegar no alto rendimento. A estrutura foi montada para atendermos tudo e identificarmos o real talento com o intuito de trabalhar visando a evolução - explicou e exemplificou.

Com larga experiência no programa, por conta de sua passagem pelo Minas Tênis Clube, a Coordenadora revelou a metodologia e fez um balanço geral.


- Nós começamos o ano fazendo a avaliação da pré-temporada. Esse, talvez, é o carro chefe do CUIDAR, o acompanhamento do estado atual do atleta. Como ele chega aqui fisicamente, psicologicamente e em termos nutricionais, por meio do percentual de gordura. Precisamos checar a saúde mesmo. Realizamos uma bateria de testes para, a partir disso, começarmos o treinamento. Temos um planejamento montado para todos e vamos direcionar as atividades em busca da melhora da performance. Na base, vamos observar a evolução em quatro aspectos: comportamental, físico, tático e técnico. O diferencial é esse. Começaremos com trabalhos preventivos para evitar um afastamento. E o maior objetivo é preparar meninos e meninas das categorias inferiores para serem submetidos a maiores cargas sem o risco de comprometer nada. O pensamento é no futuro. Quatro anos é o prazo mínimo para a formação, o máximo é dez. Vamos apresentar, em breve, uma novidade: a integração das escolas com o esporte. A meta é estar presente na vida do esportista desde cedo. Iremos verificar o rendimento escolar, que é um pilar importante. O Flamengo pensa assim, e vamos montar um programa especial, dando oportunidades para estagiários, pedagogos e professores - destrinchou.

O basquete faz parte do processo e é peça fundamental na engrenagem. Devido a unificação dos esportes olímpicos, funcionários, agora, vivem o mesmo dia a dia. Questionada sobre o tema, Izabel destacou a importância. 

- Nós trabalhamos com a perspectiva de abordagem multidiscpilinar, que por si só, valida o que fazemos. Existem programas internos com o técnico, que é o líder, mas tem uma equipe por trás. Mais para frente, teremos encontros mensais ou quinzenais, de olho no direcionamento de treinos. Certamente, o número de lesões irá diminuir. Isso (união de profissionais) já está sendo um diferencial. Muitos atletas estão procurando o clube por conhecimento do investimento que vem sendo feito. Toda vez que chega alguém novo para conhecer a estrutura, como foi o caso do Hakeem Rollins, a gente sente uma confiança. O Flamengo tem a preocupação de apresentar um panorama favorável. Os pais do pessoal da base que vêm aqui, ficam encantados com o centro. Eu, como mãe, iria gostar se meu filho viesse para cá - abordou.


A gerente esmiuçou a organização, apontou acertos e mostrou inovações.

- Quando Póvoa e Vido me convidaram, a gente já tinha um planejamento pré-estabelecido. Nesse tempo, cumprimos tudo e entregamos um pouco além do que esperávamos. Eu achava que seria mais difícil. O Fla é uma grande força, mas nada é fácil. Mudar a forma de pensar dos profissionais é complicado. Hoje, após um ano, vejo a equipe organizada no atendimento ao atleta. O conceito do CUIDAR é fornecer serviços ao esporte. Houve uma melhoria no acompanhamento geral e na aproximação com os pais. Falta muita coisa à frente, temos um longo caminho. Aqui, às vezes, o menos é mais. O simples se torna efetivo. Fizemos setecentas avaliações, isso nunca tinha acontecido. É uma mudança significativa, e estamos salvando vidas e fornecendo uma linha de trabalho. Vou adiantar até uma informação: fechamos uma parceria de troca de conhecimentos. Vamos mandar 21 funcionários nossos para Colorado Springs, durante uma semana, para novas experiências. Quatro gestores também irão à Londres para um encontro. Esses dois acontecimentos são frutos da negociação excelente que o clube fez com os dois comitês (americano e britânico). Creio que servimos de exemplo pela seriedade - concluiu sua fala.


Rafael Bernardelli, multicampeão com o FlaBasquete, passou a integrar a base de sustentação do Centro. Em papo rápido, o preparador físico deu sua opinião com argumentos relevantes. 

- O CUIDAR é importante porque dá uma estrutura altamente qualificada para atletas e técnicos de esportes olímpicos trabalharem. As informações científicas ajudam a diminuir o indíce de lesão e, com isso, o departamento médico fica mais vazio. O método é simples e multidisciplinar. Fazemos uma avaliação completa com cada um e formatamos o perfil. Assim, fica mais fácil identificar o ponto negativo que pode ser melhorado - disse.


O escolhido para encerrar foi Marcelo Vido que, de forma sucinta e objetiva, complementou.

- Hoje, o esporte é de rendimento. É preciso enfatizar que, ciência, conhecimento e tecnologia precisam caminhar juntos. Não da para desassociar o crescimento sem os pilares. E, claro, nós temos como prioridade de importância o desempenho escolar dos nossos atletas. O Flamengo quer continuar sendo referência em todas as áreas - finalizou.

Fla-Flu tem local confirmado e será disputado pela 1ª vez em Cariacica



O clássico entre Fluminense e Flamengo, marcado para o próximo domingo, às 16h, teve seu local confirmado: o Estádio Kleber Andrade, em Cariacica, no Espírito Santo. O duelo encerra a participação dos rivais na fase de grupos da Taça Rio. Será a primeira vez que o Fla-Flu será disputado no estado.

Já classificados para as semifinais do Carioca, Fla e Flu estão próximos também de garantir vaga nas semis da Taça Rio. O clássico do próximo domingo esteve perto de ser marcado para o Mané Garrincha, em Brasília, mas houve mudança de planos no fim da semana passada.

Mandante, o Fluminense atuou apenas uma vez em Cariacica no ano passado. Em 16 de junho, perdeu por 4 a 2 para o Santos. O Rubro-Negro foi anfitrião mais frequente no Klebão, onde jogou oito vezes e registrou sete vitórias e apenas uma derrota.

olta do que não foi: após 50 dias, Cirino tem nova chance no Flamengo


Marcelo Cirino treino Flamengo (Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)

Em sua terceira temporada de Flamengo, Marcelo Cirino retornou aos planos de Zé Ricardo após ver seu desejo de trocar o clube pelo Internacional frustrado. Mais do que isso: neste domingo voltou a atuar, algo que não fazia há 50 dias - o último jogo foi contra o Nova Iguaçu (4x0), em 4 de fevereiro. Substituiu Berrío no empate por 2 a 2 com o Vasco aos 40 minutos da etapa final e não foi bem. O atacante de 25 anos cometeu faltas que escancararam sua falta de ritmo.

Após a partida, Zé afirmou que Cirino terá novas oportunidades caso demonstre resultados nos treinamentos. Para o clube, interessante colocá-lo na vitrine, já que terá de assumir uma dívida superior a R$ 16 milhões em janeiro de 2018 caso não consiga negociá-lo.

É bom frisar, entretanto, que o Rubro-Negro tem boa relação com a Doyen, fundo de investimento que viabilizou a ida do camisa 7 para a Gávea e que fez do energético Carabao, uma de suas marcas, novo patrocinador rubro-negro no início do ano.

- Ele não está 100% porque ficou 10 dias sem treinar em virtude do nascimento da filha dele, que é outro fator importante para o amadurecimento do atleta. Não estava 100% fisicamente, mas com a contusão do Gabriel, sabíamos que o Berrío talvez não mantivesse o nível durante 100% da partida. Ganhou a oportunidade. Agora vai depender unicamente do dia a dia dele. Se ele mostrar que tem condições de retornar ao time titular e que está melhor que o atleta que está jogando no momento, vai ter oportunidade, assim como todos têm - avaliou Zé Ricardo.

Segundo relato do técnico, Cirino se comprometeu a dar tudo de si enquanto estiver defendendo o Flamengo, mas admitiu que o mesmo estava muito satisfeito quando a ratificação da transferência para o Inter estava na iminência de acontecer. Mas o acerto melou.

- A gente sabe que o Marcelo é um jogador com qualidades específicas e interessantes para o futebol de hoje. Tem muita velocidade e está bastante motivado com a nova oportunidade no clube. Em princípio, segundo as palavras do próprio, a saída dele do clube tinha sido muito boa para ele. Sempre preferimos que o atleta se sinta bem, mas infelizmente a negociação com o Internacional e o Atlético-PR não se concretizou. Ele voltou muito motivado, sabe que vai ter que cumprir o contrato dele, é atleta do clube. Enquanto estiver aqui, segundo palavras dele, vai se doar ao máximo. A gente espera que seja sim, até porque não tem outra alternativa para ele.

Sucesso nos estaduais e sumiço nos grandes campeonatos
 
Grande contratação do mercado de verão de 2015, Marcelo Cirino chegou ao Flamengo credenciado pelas grandes exibições com a camisa do Atlético-PR. Veloz e de chute potente, arma que havia demonstrado sobretudo na decisão da Copa do Brasil de 2013 - entre Furacão e o Fla - , quando fez um golaço no jogo de ida.

Marcelo Cirino completou 100 jogos na partida contra o Vila Nova (Foto: Reprodução/Instagram) 
Marcelo Cirino completou 100 jogos na partida contra o Vila Nova (Foto: Reprodução/Instagram)
 
Não vingou na Gávea. Foi sempre um jogador de verão. Dos 24 gols marcados pelo clube, 20 deles (83,33% do total) saíram no primeiro semestre. Em 2015, foram 11: nove no Carioca, um na Copa do Brasil e outro no Brasileiro.

Na temporada passada, mais uma vez só apareceu no estadual, desta vez até marcando em clássicos - fez nos empates por 1 a 1 com Vasco e Botafogo, respectivamente. Foram 13: sete no Carioca, um em amistoso, dois na Copa do Brasil, dois no Brasileiro e um na Sul-Americana.

Neste ano, chegou a 100 jogos pelo Flamengo sem qualquer alarde. Alcançou tal marca na derrota por 2 a 1 contra o Vila Nova. Entrou no segundo tempo do amistoso, em Goiânia.

Gabriel recupera-se de problema na parte posterior da coxa direita, e Berrío está suspenso na Copa Libertadores. Ponta veloz, mas de rendimento bem abaixo do esperado até então, Cirino aproveitará a nova chance ou seguirá sem qualquer destaque na Gávea? Com a resposta, o próprio.

Banner_Flamengo_690 (Foto: Divulgação)





domingo, 26 de março de 2017

Arbitragem rouba a cena, e clássico Flamengo x vasco termina empatado


FLAMENGO 2 X 2 vasco


Público/Renda: 28.071 pagantes / R$ 1.279.720

Gols:
Yago Pikachu, 15'/1ºT (0-1); Willian Arão, 14'/2ºT (1-1); Berrío, 19'/2ºT (2-1); Nenê, 49'/2ºT (2-2)

FLAMENGO
: Alex Muralha; Pará, Réver (Léo Duarte, 24'/2ºT), Rafael Vaz e Renê; Márcio Araujo, Willian Arão e Mancuello (Lucas Paquetá, 32'/2ºT); Berrío (Marcelo Cirino, 40'/2ºT), Everton e Leandro Damião.
Técnico: Zé Ricardo


Local:
Estádio Mané Garrincha, em Brasília (DF)

Data/Hora: 26/3/2017, às 18h30

Árbitro: Luiz Antonio Silva Santos
Assistentes: Daniel do Espírito Santo e Diego Luiz Barcelos

Cartões amarelos: Everton, Willian Arão (FLA); Jean, Jordi, Luis Fabiano, Jomar, Douglas (VAS)

Cartão vermelho:
Luis Fabiano (VAS)

vasco: Jordi, Gilberto, Jomar, Rafael Marques e Henrique; Jean, Douglas, Andrezinho (Escudero, 25'/2ºT), Yago Pikachu (Manga Escobar, 17'/2ºT) e Nenê; Luís Fabiano.
Técnico: Milton Mendes

Flamengo terá superávit de R$ 146 milhões em 2016, aponta banco


O banco Itaú BBA divulgou ontem uma projeção do desempenho financeiro dos clubes na temporada passada. Segundo o levantamento, o Flamengo é quem fechará o ano com o maior superávit, de R$ 146 milhões, seguido do Palmeiras, com R$ 112 milhões.

O melhor equilíbrio financeiro, de acordo com a instituição financeira, ocorreu após o clube Rubro-Negro atingir a segunda maior receita no ano passado (R$ 379 milhões) e apenas a quinta maior despesa (R$ 233 milhões). Já o Palmeiras, foi o líder em faturamento (R$ 477 milhões) mas também liderou em despesas (R$ 365 milhões), o que afetou o superávit do clube paulista ao final da temporada.

O único a ter saldo negativo foi o Internacional, que ficou com déficit de R$ 20 milhões.

O levantamento do Itaú BBA abrangeu os 12 maiores clubes de futebol do país. Segundo a projeção, o faturamento do grupo terá um crescimento de 19,6% em 2016 em relação à temporada anterior, atingindo um total de R$ 3,2 bilhões. Entretanto, os custos e despesas dos principais clubes deverá aumentar em 25%, chegando perto dos R$ 2,7 bilhões, segundo a instituição financeira.

Veja abaixo o ranking de equilíbrio financeiro divulgado pelo banco.

Clube                 Saldo (em R$ milhões)
Flamengo                       146
Palmeiras                       112
São Paulo                       107
Corinthians                   101
Botafogo                       46
Santos                            38
Grêmio                          26
Fluminense                   15
Cruzeiro                        11
Vasco                             8
Atlético-MG                  6
Internacional                -20

Classificação geral, por vagas na semifinal do Carioca


1º Flamengo 25

2º Fluminense 24
3º  vasco 15
Botafogo 14
5º Nova Iguaçu 13
Volta Redonda 12
7º Madureira 11
8º   Boavista 11
9º Portuguesa 9 
10º Resende 8
11º Bangu 6
12º Macaé 1

sábado, 25 de março de 2017

Pouco utilizado, zagueiro Léo Duarte não será emprestado: "Ele é nosso"


Léo Duarte segue nos planos do Flamengo (Foto: Gilvan de Souza)
A temporada de 2017 tem sido importante para Zé Ricardo dar rodagem a garotos da base. Já utilizou Lucas Paquetá, Felipe Vizeu, Ronaldo, Cafu, Matheus Sávio, e o goleiro Thiago. Justamente o mais experiente deles, o zagueiro Léo Duarte, foi quem menos atuou: foram apenas três minutos na temporada.

Entrou - improvisado como lateral-direito - aos 44 minutos da vitória por 1 a 0 sobre o América-MG, em partida válida pela Primeira Liga e na qual Zé só levou reservas a campo.

Apesar das poucas oportunidades, o técnico do Flamengo não abre mão de Léo, seu capitão na conquista da Copa São Paulo de Futebol e com quem trabalhou por três anos nos juniores.

- Nada de emprestar. O Léo é nosso - afirmou.

Zé Ricardo, inclusive, rasgou elogios a Léo Duarte em entrevista coletiva ao ser perguntado se tinha um planejamento para Ronaldo, volante técnico e muito bem avaliado na base do Flamengo.

- Não um planejamento só para o Ronaldo. Me incomoda muito não termos colocado Léo Duarte para jogar nesse ano. Tem uma técnica muito grande e um nível muito alto. Está amadurecendo bastante. O último jogo que fez inteiro acho que foi com o Palmeiras (na verdade foi na derrota para o Figueirense, em 12 de junho passado, seis dias depois do revés diante do Alviverde), mas temos grandes atletas no plantel. O planejamento é que ele volte a jogar logo. Foi meu capitão na Copinha e trabalhou três anos comigo. Fisicamente evoluiu bastante e tecnicamente ele não me surpreende nem me deixa dúvidas.

Sondagens por empréstimos e procura do exterior

Como Zé Ricardo frisou, não está no planejamento do Flamengo emprestar Léo Duarte, que soma 10 jogos como profissional, nove destes como titular (oito pelo Brasileiro passado e um pela Copa do Brasil 2016).

No início da temporada, clubes procuraram o Flamengo para tratar da possibilidade, mas o Rubro-Negro nem quis conversa. Houve, inclusive, uma busca do grupo Red Bull. A ideia seria levar o atleta primeiramente para a sucursal de Nova York e depois colocá-lo no alemão Red Bull Leipzig.

Banner_Flamengo_690 (Foto: Divulgação) 
 

Arena do Mengão

Nova imagem que circula nas redes sociais mostra mais avanços na obra da Arena da Ilha. Um dos setores já está totalmente pintado(visitantes) com as cores do Fla. A previsão é que a Arena fique pronta até maio.





sexta-feira, 24 de março de 2017

Na prorrogação, Flamengo derrota Vitória, engata o quinto triunfo consecutivo e segue líder

 
 
Parecia que seria tranquilo. O Flamengo chegou a colocar 17 pontos de frente no último quarto, mas viu o Vitória encostar nos segundos finais e se complicou com empate no tempo normal. Apesar de tudo, nesta sexta-feira, o rubro-negro derrotou o Vitória por 93 a 87, em partida realizada no ginásio Poliesportivo de Cajazeiras, em Salvador. Com o resultado, o time segue na ponta da tabela, agora com 20 vitórias em 26 partidas. O cestinha da noite foi Ronald Ramon, que anotou 15 pontos só no primeiro tempo, totalizando 29. 

Além de Ramon, Olivinha também pontuou bem, com 22, além de dez rebotes. Por outro lado, Marquinhos, um dos maiores destaques da competição, esteve irreconhecível, não marcando uma cesta sequer no tempo normal, saindo do zero na prorrogação e terminando com apenas dois pontos. Pelo lado do Vitória, Dawkins foi o cestinha, com 20 pontos. 

O Vitória conheceu sua quinta derrota nas seis últimas partidas e vê o sonho de ficar entre os quatro primeiros bem mais distante. Agora, a equipe tem 41 pontos e está em sétimo lugar, atrás do Pinheiros, e na frente do Paulistano. O próximo jogo da equipe é contra o Liga Sorocabana, na quinta-feira. 

No regulamento do NBB, as 15 equipes jogam em turno e returno, com os quatro primeiros assegurando uma vaga já nas quartas de final, enquanto os times de 5º a 12º jogam uma espécie de oitavas de final. 

No primeiro quarto, o Vitória conseguiu deixar o jogo igual. Ao fim do primeiro tempo, o placar apontava 17 a 17. O Flamengo não conseguiu nenhum rebote ofensivo e, assim, não tinha segunda chance em seus ataques. Ramon e JP Batista eram os destaques cariocas, com seis pontos, mesma pontuação de Coimbra, do Vitória. 

No segundo período, os baianos abriram 25 a 22 mas viram, em três minutos, o Flamengo marcar dez pontos consecutivos, seis deles em bolas de três de Ramon. Os baianos conseguiram encostar um pouco e, ao término do primeiro tempo, o jogo estava 36 a 34. 

O Vitória chegou a assumir a ponta do placar no início do terceiro período, com sete pontos de Arthur em menos de três minutos. Uma bola de três de Olivinha deixou tudo igual. Olivinha, aliás, foi o nome do período, que terminou com o Mengo na frente: 58 a 52. 

No último quarto, o Vitória ficou sem pontuar nos primeiros minutos, enquanto Ramon anotou cinco e abriu ainda mais frente para o rubro-negro. O Vitória encostou no fim, reduzindo para 75 a 70, com sete pontos de Dawkins em dois minutos. O placar ficou 77 a 77 e Marquinhos teve, no último segundo, a chance de liquidar o duelo. A bola não caiu e o duelo foi para a prorrogação. 

No tempo extra, o Flamengo abriu vantagem logo nos primeiros segundos, apertou a defesa como não tinha feito ainda na partida e viu o Vitória errar bastante no ataque. Faltando dois minutos, a vantagem era de oito pontos. A partir de então, o Vitória encostou e quase passou a frente faltando vinte segundos, mas Dawkins errou um arremesso e Braga, após pegar o rebote, perdeu a bola. No fim, 93 a 87.

Fla estima reduzir R$ 700 mil no aluguel do Maraca para pegar Furacão


Mosaico Flamengo x San Lorenzo (Foto: GloboEsporte.com)Torcida do Flamengo lotou o Maracanã na estreia da Libertadores (Foto: GloboEsporte.com)

Depois de gastar R$ 1.707.985,69 no preparo do estádio e outros R$ 424.993,01 para operar a partida contra o San Lorenzo, vencida por 4 a 0, em 8 de março, o Flamengo terá custos menores para mandar sua segunda partida na Libertadores da América. Para o duelo com o Atlético-PR, marcado para o próximo dia 12, o Rubro-Negro estima gastar menos R$ 700 mil.

Com tantos custos para viabilizar a estreia rubro-negra na Libertadores 2017, o Flamengo acabou ficando com apenas 20% da renda bruta (R$ R$ 3.688.482,50): R$ 750.660,16. A expectativa é por resultados melhores no confronto com o Furacão.

O Flamengo ainda pode ver seus gastos para a partida com o Atlético-PR reduzidos, pois não está descartada a realização das semifinais da Taça Rio, marcadas inicialmente para 9 de abril, no Maracanã. Caso sejam disputadas lá, o Rubro-Negro terá menos despesas com a preparação do estádio.

Por outro lado, é possível imaginar uma panorama de semifinais deficitárias. Com o atual desenho da tabela da Taça Rio, os já classificados para a fase final do Carioca Flamengo e Fluminense devem também participar das semis do segundo turno. O Rubro-Negro, inclusive, jogaria no estádio três dias antes do duelo com o Furacão.

Banner_Flamengo_690 (Foto: Divulgação) 
 

Flamengo publica edital para aquisição de seu prédio no Morro da Viúva


Prédio Flamengo Morro da Viúva (Foto: Vicente Seda)
O Flamengo publicou nesta sexta-feira um edital de convocação para os interessados em adquirir o edifício Hilton Santos, a sede Morro da Viúva, através de permuta. As cópias com as necessidades específicas para proposta podem ser retiradas na sede da Gávea. 

No ano passado, o Conselho Deliberativo do Flamengo aprovou o distrato da escritura de locação do Morro da Viúva à REX,  que era um braço imobiliário da EBX, de Eike Batista. A empresa havia arrendado o prédio em 2013 para a construção de um hotel, mas acabou por deixar o local abandonado, inclusive havendo invasão de algumas pessoas.

O investimento que a REX deveria ter feito era estimado em R$ 100 milhões. Este valor englobaria seguro de término da obra a ser realizado em nome do Flamengo, IPTU, aluguel mensal e o custo da recuperação do imóvel da avenida Rui Barbosa, que acabou abandonado.

Também em 2016, o clube cogitou utilizar o prédio como permuta para obter um terreno para um estádio no Rio de Janeiro. O projeto entanto não caminhou. 

EDITAL DE CONVOCAÇÃO PÚBLICA Nº 001/2017PARA APRESENTAÇÃO DE PROPOSTA COMERCIAL NA MODALIDADE DE PERMUTA COM TORNA TENDO POR OBJETO O EDIFÍCIO HILTON SANTOS ("MORRO DA VIÚVA")

O CLUBE DE REGATAS DO FLAMENGO, associação civil sem fins lucrativos, com sede na Av. Borges de Medeiros, 997, Lagoa, Rio de Janeiro/RJ ("CLUBE"), neste ato representado por seu Presidente, sob a observância dos princípios da legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade, economicidade, eficiência, responsabilidade social, gestão democrática e profissionalismo, TORNA PÚBLICA a convocação para apresentação ao CLUBE de proposta mais vantajosa, na modalidade de permuta com torna, tendo por objeto o Edifício Hilton Santos "Morro da Viúva", situado na Avenida Rui Barbosa, n.º 170, no bairro do Flamengo, na Cidade e Estado do Rio de Janeiro, de propriedade do CLUBE.

Cópias do edital contendo todas as especificações necessárias às propostas poderão ser adquiridas junto à Procuradoria Geral do CLUBE (situada na Av. Borges de Medeiros, 997, Lagoa, Rio de Janeiro/RJ, no horário de expediente, das 09h às 18h), desde o dia 24 de março de 2017 até o dia 07 de abril de 2017.

As propostas deverão ser entregues, em caráter irrevogável e irretratável, em envelope lacrado e devidamente identificado, até às 17 horas do dia 28 de abril de 2017, na Procuradoria Geral do CLUBE.



Banner_Flamengo_690 (Foto: Divulgação) 

Arena rubro-negra














Campo 5 do Ninho do Urubu


 Novinho em folha!

Depois de meses de reforma, a estrutura e o gramado do Campo 5 estão prontos e já foram utilizados pelo time profissional nesta sexta-feira. O espaço fica anexo ao módulo do CT.

 


 
Esse muro grandão, além da publicidade, serve para a vizinhança não acompanhar treinos secretos



Zé cogita usar Vinicius Junior no Brasileiro, mas rechaça pressa


Zé Ricardo em coletiva de imprensa do Flamengo (Foto: Fred Gomes)
Na última coletiva antes do duelo com o vasco - marcado para domingo, no Mané Garrincha, às 18h30 - o principal tema não foi o Clássico dos Milhões. Zé Ricardo tratou da inauguração do campo 5, de jogadores em recuperação e deu um bom panorama de como utilizará o jovem Vinicius Junior no time profissional.

Zé garante que não terá pressa alguma em utilizá-lo, apesar da pressão provocada pelo grande Sul-Americano Sub-17 feito pelo garoto, que sagrou-se campeão e terminou como craque e goleador.

- Preocupação não é só do Zé Ricardo, mas, falando de uma forma bem natural, sou contra queimar etapas. Logicamente que se forem etapas que estão próximas, temos exceções. Conheço esse menino desde 2012, e todos do clube sabiam do seu potencial. Não está inscrito no Carioca, porque estava no Sul-Americano. Garoto de categoria juvenil, já treinou aqui, não é novidade para os profissionais.

O treinador afirma que a partir de segunda-feira, quando Vinícius, Lincoln, Wesley e Patrick, campeões sul-americanos, se reapresentarão, será possível traçar um planejamento para a principal joia do Flamengo.

- Fez amistoso com a Serra Macaense, mas temos cuidado. O ritmo é diferente na categoria (profissional), mas não queremos qualquer tipo de confronto que possa prejudicar a carreira dele. Não é só decisão do Zé Ricardo. Eu, Rodrigo Caetano, o presidente, Mozer e Cadu e Noval da base teremos alguma proposta para ele treinar no time principal. Ele precisa jogar nos juniores também. Quem sabe poderemos colocar no Brasileiro poderemos colocá-lo em algumas partidas? Não queimamos nenhuma etapa nesse processo e não será agora que vamos queimar.

Confira outros temas abordados por Zé, como o clássico, a inauguração do campo 5 e Everton Ribeiro, jogador que interessa ao Flamengo.


Expectativa de estádio lotado no domingo, em Brasília
Temos um grande palco. Esperamos que esteja muito cheio. Nosso compromisso é com nossa subida de patamar para que a gente entenda que trabalhamos num clube que exige isso. Precisamos aumentar o limite para nos superar. Enquanto estivermos trabalhando aqui e com toda essa disposição, vamos fazer o Flamengo cresce de patamar".

Vasco motivado, e Flamengo a fim de ganhar a Taça Rio
Motivação é muito grande. Nós aqui partimos do princípio que é preciso ter respeito e muita humildade na próxima partida. Procuramos enfrentar todos rivais dessa forma, e dessa vez trata-se de um grande rival. Fato de estar classificado não altera em momento algum nossa maneira de jogar ou nossa motivação para a partida. Eles estão também muito motivados e mobilizados pela mudança de treinador. Nós também estamos porque queremos ganhar a Taça Rio, que está em disputa.

Chegada de Milton Mendes ao vasco
Tivemos rápido contato na partida com o Santa Cruz, vencemos por 1 a 0, mas foi extremamente difícil. A característica de jogo dele é de muita velocidade. Apesar do pouquíssimo tempo que ele teve pra trabalhar a equipe, já podemos ver o Vasco ensaiando esse tipo de jogadas. Jogo muito difícil, como todo Flamengo x Vasco, e a equipe deles está muito mobilizada pela mudança de comando.
 
Inauguração do Campo 5

O Flamengo vem mostrando muita atenção em todas as questões que diz respeito à parte física do CT. Hoje completamos mais uma etapa com a liberação do campo 5, todos os campos estão disponíveis para a base, o que é importantíssimo para que os garotos treinem ao nosso lado. A categoria profissional agora treina num campo com dimensões oficiais. Com certeza vai trazer frutos para a base e para a categoria profissional. Estar perto do CEP é importante também para o nosso deslocamento. Só posso agradecer ao presidente por tudo que tem feito pela gente e por não medir esforços nesse sentido".

Everton Ribeiro
Difícil comentar, porque ninguém aqui do clube falou do nome dele para mim. Jogador acima do média, todo grande clube gostaria de contar com ele. É jovem, consegue atuar em várias posições do campo. Jogador com capacidade de improviso grande e que tem experiência de Brasileiro e fora daqui, mas falar de suposição é difícil. Oficialmente ninguém da direção ou da coordenação do futebol me comunicou sobre o Everton.

Banner_Flamengo_690 (Foto: Divulgação) 

Romulo fica fora contra o vasco e Márcio Araújo segue como titular


Romulo Flamengo treino (Foto: Gilvan de Souza / Flamengo)

O Flamengo confirmou, na manhã desta sexta-feira, que Romulo está fora do clássico contra o Vasco e não viaja com o time para Brasília. Com o desfalque, Márcio Araújo vai continuar como titular no time de Zé Ricardo. O volante, que foi revelado no time de São Januário, ficou no banco contra o Bangu, na quarta-feira passada.

Romulo sentiu um desgaste na panturrilha direita e só fez atividades no Centro de Excelência em Performance (CEP) do Flamengo nesta sexta. A última partida do volante, contratado no início do ano, foi contra o Resende, no último sábado, quando foi substituído por Cafu.

Classificado para a semifinal do Campeonato Carioca, Zé Ricardo disse que a ausência de Romulo é mais para evitar que a lesão do volante aumente e se torne algo mais sério.

- Estamos prevenindo o Rômulo. Mas, o que tivermos de melhor, vamos levar para Brasília
 
Outro desfalque do Flamengo é Gabriel. O meia ainda está com dores na coxa, que começou a sentir logo depois da derrota para a Universidad Católica, no Chile, em partida válida pela segunda rodada da Libertadores. Na ocasião, Gabriel tinha entrado no lugar de Everton, aos 28 minutos do primeiro tempo.

Zé Ricardo em coletiva de imprensa do Flamengo (Foto: Fred Gomes) 
Zé Ricardo garante que poupar Romulo para o clássico é só um trabalho de prevenção (Foto: Fred Gomes)
 
No departamento médico do clube também estão Conca e Ederson. Os meias ainda não têm previsão de retorno para os gramados, mas já têm trabalhado com bola. De acordo com Zé, os quatro machucados ainda precisam dar alguns passos antes da total recuperação.

- Tenho contato diário com o departamento médico, e as informações que temos do Ederson, do Conca, do próprio Gabriel e do Romulo recentemente é que todos têm etapas a cumprir. Tanto Ederson quanto Conca têm etapas a cumprir. Tanto as etapas clínicas quanto as de ritmo. Romulo e Gabriel são coisas pequenas, mas prometo dar uma posição mais apurada na semana que vem.

Banner_Flamengo_690 (Foto: Divulgação) 
 

Flamengo confirma Maracanã como palco de jogo contra Atlético-PR na Libertadores


O Flamengo publicou em seu site oficial que o jogo contra o Atlético-PR, pela terceira rodada da Libertadores será no Maracanã. A partida está marcada para o dia 12 de abril e será a segunda vez que o Rubro-Negro carioca vai jogar no estádio neste ano. A primeira partida no Maior do Mundo em 2017 também foi na competição continental, quando o Fla venceu o San Lorenzo por 4 a 0, na estreia da Liberta.

Flamengo leva mais de 60 mil ao Maracanã  (Foto: Divulgação/Flamengo) 
Palco da estreia do Fla na Libertadores, Maracanã receberá terceira rodada da competição (Foto: Divulgação/Flamengo)
 
Enquanto o local do confronto não era definido, o Flamengo chegou a estudar a viabilidade da Arena da Ilha em receber a partida. Porém, devido ao estágio atual das obras, seria improvável que o local estivesse pronto a tempo na data marcada. Por outro lado, a alternativa serviu para o Rubro-Negro buscar diminuir o valor cobrado pela concessionária para a realização do jogo no Maracanã.


Na estreia pela Libertadores, o clube gastou cerca de R$ 2 milhões. O valor foi utilizado para deixar o Maracanã em condições, mas a alta soma investida pelo Rubro-Negro só condicionou a realização do jogo em questão. Desta vez, o Flamengo terá que arcar com menos custos do que na estreia porque o valor também foi pago para quitar dívidas do estádio, além da recolocação de cadeiras e gramado.
 
Jogadores abraçam Gabriel em gol - Flamengo x San Lorenzo (Foto: divulgação) 
Na estreia na Libertadores, Flamengo derrotou o San Lorenzo por 4 a 0, todos os gols no 2º tempo (Foto: divulgação)
 
Profissionais envolvidos nas obras da Arena da Ilha chegaram a ser deslocados, atrasando um pouco mais o processo. Após a partida com lotação máxima, houve lucro de 20%, valor considerado pouco substancial pela diretoria.

No fim do ano passado, Flamengo e Portuguesa-RJ firmaram acordo por três anos (renováveis por mais três) de utilização do Luso-Brasileiro - também chamado de Arena da Ilha. Em 2016, o estádio foi administrado pelo Botafogo. Ao fim do contrato, o Botafogo desmontou a estrutura utilizada em 2016.

O clube informou que a divulgação sobre a venda de ingressos será feita posteriormente.

A confirmação do Maracanã como palco da partida vem um dia depois do grupo francês Lagardère, que não possui boa relação com o Flamengo, encaminhar a compra da concessão do estádio atualmente administrada pela Odebrecht. A companhia espera anunciar o plano de gestão nas próximas semanas.

Banner_Flamengo_690 (Foto: Divulgação) 
 

Pré-jogo: Vitória x Flamengo


O duelo entre rubro-negros vai agitar Salvador na noite desta sexta-feira (24). Em momentos distintos, mas de olho no mesmo objetivo, Flamengo e Vitória se enfrentarão logo mais, às 20h, no ginásio Poliesportivo de Cajazeiras. Em caso de triunfo, o time da Gávea ficará a apenas um passo de conseguir o primeiro lugar geral do NBB 9.



No primeiro turno, em partida realizada no Rio, deu Fla: 98x87. Na ocasião, Marcelinho e Olivinha brilharam e, juntos, foram responsáveis por 47 pontos. Coletivamente, a equipe desempenhou bom papel e não teve dificuldades.

Hoje, o Leão da Barra ocupa a sétima posição do campeonato e, na última rodada, perdeu para o Macaé, por 90x84, em seus domínios. A campanha, até então, é excelente e mostra que o trabalho, conduzido por Régis Marrelli, está sendo feito. Os principais destaques são Kenny Dawkins (média de 16.4 acertos, 5.1 assistências e 17.2 de eficiência) e Chris Hayes. Arthur Belchor, ex-Brasília, também tem contribuído bastante.

Motivado após o resultado incontestável diante do Basquete Cearense, o Mais Querido realizou dois treinos na capital baiana. Existe, claro, uma ansiedade para a confirmação da principal meta da temporada, mas José Neto e os jogadores estão sabendo controlar a situação de forma brilhante. Isso gera um clima 100% favorável para o confronto.


Provável quinteto do Vitória: Kenny Dawkins, André Góes, Arthur, Renato Scholz e Coimbra.

Técnico: Régis Marrelli.

Provável quinteto do Flamengo: Ronald Ramon, Marquinhos, Marcelinho, Olivinha e JP Batista.

Técnico: José Neto.